+351 961 266 322 / 964148343   |  
Rua do Luar
8500-510 Portimão
Procurar Imóvel

Taxas de Câmbio

EUR  >  0,876 GBP
GBP  >  1,142 EUR
EUR  >  1,091 USD
USD  >  0,917 EUR
Snack bar Equipado em zona residencial Silves - esplanada, mobilado, cozinha,
€ 35.000
thumbSnack bar Equipado em zona residencial Silves - esplanada, mobilado, cozinha,
0
t1t2t3t4t5REF AV-PBI-1296Venda
Agradável Snack-Bar, completamente mobilado e equipado, com amplo lugar de esplanada, para trespasse. Negócio 'chave na mão'. Óptimo para um jovem casal com espírito empreendedor, residente e/ou deslocado. Localizado e inserido em zona residencial e junto a parque escolar. Clientela fidelizada. Composto por uma sala equipada com mesas e cadeiras, um balcão, cozinha totalmente equipada, despensa, logradouro, 3 casas de banho (2 para clientes e uma para o pessoal de serviço) e lugar de esplanada sem encargos camarários. A esplanada tem, actualmente, 8 mesas (cada uma com 4 cadeiras) mas tem capacidade para mais, caso haja necessidade. Horário funcionamento: 7: 30 - 24: 00. Renda: 600€/mês NOTA: Poderá ser contemplada a hipótese de compra do espaço. CURIOSIDADES: « A origem de Silves é difícil de determinar dada a sua antiguidade. A arqueologia permitiu concluir que a região é habitada desde os tempos Pré-Históricos. Silves terá tido origem, muito provavelmente, numa importante feitoria fenícia do 1º milénio a. C., a chamada Cilpes, que distava da atual cidade cerca de dois quilómetros. Encontram-se também vestígios da ocupação romana, no núcleo urbano da cidade. A ocupação muçulmana foi a que exerceu maior influência no território, estando presente desde os séculos VIII e XIII. É durante este período, particularmente nos séculos IX a XII, que Silves se torna num importante centro económico, social e cultural, tendo recebido o título de 'berço da poesia arábico-andalusa', sendo conhecida como a cidade de filósofos e poetas, como Ibn Caci, Ibn Ammar ou o rei Al-Mutamid. No século XII a cidade, denominada Xelb (ou Xilb), era descrita por geógrafos como sumptuosa e imponente e comparada em grandiosidade com Lisboa, Sevilha e Córdova. Do período de ocupação árabe datam os principais monumentos da cidade, dos quais se destacam o Castelo, importante fortificação militar, dos mais bonitos e bem conservados do país, a atual Sé e o Poço-cisterna Almóada, exemplar único à escala mundial... » Junta de Freguesia de Silves (site)
Lote Urbano com 155m2 Parchal Lagoa (Algarve) - excelente localização
€ 50.000
thumbLote Urbano com 155m2 Parchal Lagoa (Algarve) - excelente localização
0
t1t2t3t4t5REF AV-PBI-1270155m²Venda
Lote de Construção destinado a comércio, 155m², excelente localização, em zona muito central do Parchal. A 5 min de Ferragudo e alguns mais das praias que lhe estão mais próximas. Junto a escolas e a vários outros tipos de equipamentos sociais tais como Farmácias, Bancos, Correios, Estação de comboios e área comercial (LIDL, HOMA e STAPLES) A meio caminho entre as cidades de Lagoa e Portimão. Uma oportunidade para construir, de raiz, a pequena clínica, centro de estudos/explicações ou qualquer outro negócio cuja edificação obedeça a critérios muito específicos. VANTAGENS DOS LOTES DE TERRENO URBANO MAIS PEQUENOS: 1. Fáceis de encontrar na proximidade ou dentro dos centros das cidades, têm a enorme vantagem de estar próximos de todo o tipo de equipamentos sociais e comerciais, a apenas alguns minutos de carro de estruturas vitais tais como centros de saúde, hospitais, escolas, etc. ; 2. São mais baratos; 3. Mais facilmente financiáveis; 4. Mais bem posicionados do que lotes maiores, localizados em áreas rurais, estes pequenos lotes urbanos são menos sensíveis às oscilações do mercado imobiliário; são mais valiosos em caso de aumento de preços e mais resistentes à queda; 5. São, sobretudo, revendidos mais facilmente e a melhores preços. CURIOSIDADES: «Situada na margem esquerda do Rio Arade e desanexada de Estômbar em 20 de Junho de 1997, a freguesia do Parchal é a mais recente do concelho de Lagoa estendendo-se por uma área de 4,5 quilómetros quadrados. O topónimo Parchal parece derivar de Parchel ou Praxel, nome que designava o antigo convento Franciscano situado na vizinha povoação do Calvário, na freguesia de Estômbar. O vocábulo Praxel, que advém do árabe, [carece de fontes] significa lugar alagado ou alagadiço, precisamente como se encontravam as terras do Parchal nas suas origens, constantemente invadidas pelas marés do Rio Arade... A agricultura rudimentar e familiar primeiro, e a pesca e a indústria conserveira depois, foram os pólos de atracção para a criação de um primeiro núcleo habitacional localizado defronte a Portimão e ligado a esta urbe pela então, nova ponte do Rio Arade. No apogeu da actividade piscatória e da indústria conserveira, instalaram - se no território que corresponde actualmente à freguesia, diversas fábricas que representavam emprego e atraíam cada vez mais gente ao local. Quando em meados da década de 70, a indústria conserveira entrou em declínio, o Parchal era já um espaço habitacional consolidado, com forte ligação a Portimão, onde considerável parte da sua população desempenhava actividades ligadas à pesca, ao comércio e serviços... .. A criação da freguesia em Junho de 1997 e a elevação à categoria de vila em Abril de 2001 foram o justo reconhecimento do extraordinário desenvolvimento e de todas as potencialidades e perspectivas que se abrem ao Parchal... » WIKIPEDIA
Lote de terreno com 120m2 Odiáxere Lagos
€ 75.000
thumbLote de terreno com 120m2 Odiáxere Lagos
0
t1t2t3t4t5REF AV-PBI-1295120m²Venda
Lote de Terreno Construção de moradia unifamiliar, em Odiáxere, a 15 minutos do centro de Portimão. Inserido em zona residencial junto a creche, escola do 1º ciclo, bombeiros e Centro recreativo. Para além de um parque de estacionamento dedicado aos moradores existem, também, 2 BBQ e um parque de merendas comunitários. CURIOSIDADES: «A Lenda do Palácio sem portas» No caminho para Odiáxere, perto de Lagos, havia em tempos uma horta e dentro desta um prédio alto muito estranho. Não tinha uma única abertura: janelas e portas eram falsas e telhado também, e constava que a bizarra construção durou alguns séculos sem que alguém dele fizesse uso. A horta da nossa lenda pertencia a uma pobre família que nada mais possuía e que habitava nuns casebres, sobrevivendo com grande dificuldade, recorrendo ao cultivo da terra. Quando a família para lá se mudou, um estranho mouro começou a aparecer à mulher sempre que não havia ninguém por perto, acenando-lhe para que se aproximasse. Assustada, ela fugia, no entanto o mouro seguia-a sempre até casa. Um dia, cansada e extremamente assustada, a mulher resolveu contar tudo ao marido. Ele, esperto, recordando outros relatos que já ouvira, apercebeu-se de imediato que se tratava de um mouro encantado, em busca de ajuda. Desta forma, convenceu a sua mulher a ouvi-lo. A mulher assim o fez. Quando o mouro se abeirou dela, ela perguntou o que pretendia ele e calmamente o mouro explicou-lhe que havia muito tempo que estava encantado, à espera de quem o ajudasse. Mais, referiu ainda que quem o desencantasse receberia um tesouro em ouro e pedras preciosas. Eufórica a mulher quis saber como o poderia ajudar, tendo o mouro pedido a construção de um edifício com portas e janelas que não pudessem ser abertas e telhado sem telha. De seguida, prosseguiu, assim deveria permanecer o edifício durante cem anos, sem que ninguém dele fizesse uso. Desalentada, a mulher voltou a casa, contando tudo ao marido. Na verdade, não tinham dinheiro para nada, sem falar no facto da chacota que sofreriam por parte das pessoas vizinhas. Apesar disso, o marido não hesitou: -Avancemos mulher! Trabalharemos afincadamente para construir esse prédio, empenhando o que for preciso! Assim fizeram. Depois de muito tempo de sacrifício, o prédio ficou pronto e um dia, o mouro voltou a aparecer à mulher. Depois, levantando uma enorme laje que havia no chão e na qual ela nunca reparara, revelou um tesouro cheio de ouro e jóias. Cumprindo a sua palava, entregou-o à mulher, despedindo-se dela com um beijo. Porém, o beijo não era inocente. Era um beijo de fogo que logo lhe queimou a garganta, de tal forma, que ela não mais conseguiu ingerir alimentos sólidos. Passados meses de sofrimento atroz, deixou de lutar. Fechou os olhos e morreu... Marido e filhos choraram a sua morte, mas o tempo cumpriu o seu papel, aliviando a dor até a esquecerem, ficando ricos e felizes. Quanto ao prédio, continuou intacto e estranho, mais de cem anos pelo que dizem, já que na verdade os seus proprietários não quiseram correr o risco de ver evaporar-se a sua fortuna. Portal Nacional dos Municípios e Freguesias
Terreno Rústico com 39760m2 Fóia Monchique - bons acessos, água
€ 85.000
thumbTerreno Rústico com 39760m2 Fóia Monchique - bons acessos, água
0
t1t2t3t4t5REF AV-PBI-92539.760m²Venda
Terreno Rústico, em socalcos, com a área total de 39.760m², com água própria (minas e reservatório), muito fértil e com deslumbrantes vistas sobre a serra. Localizado em Barranco Silvestre, perto da Foia, tem bons acessos e está localizado a 10 min. da vila de Monchique. Excelente para actividade agrícola, estufas e/ou outra actividade que requeira não só muita água como a pureza e qualidade da mesma. CURIOSIDADES: 'No centro de duas grandes serras (Fóia e Picota), o concelho de Monchique entra na história com a presença dos romanos nas Caldas de Monchique, atraídos pelo poder curativo das suas águas. Nos séculos seguintes, a serra foi-se povoando lentamente e no século XVI Monchique era já uma povoação suficientemente importante para merecer a visita do rei D. Sebastião, que pretendeu conceder-lhe o estatuto de cidade. ' Wikipedia « A água mineral natural de Monchique nasce das profundezas da terra, numa encosta situada no vale tectónio que divide a Serra de Monchique. A Água de Monchique é conhecida desde o tempo da presença romana na Península Ibérica, como atestam os vestígios arqueológicos encontrados na região, e as inscrições em latim referindo-se à água de 'Mons Cicus' (origem latina de Monchique) como 'sagrada'. Com um ph de 9.5, a Água de Monchique é a mais alcalina de Portugal e uma das mais alcalinas do mundo. Rica em Bicarbonato, Sódio e Flúor, aplica-se fundamentalmente às afeções das vias respiratórias e músculo-esqueléticas. De entre os seus inúmeros benefícios destacam-se a ajuda na recuperação da vitalidade orgânica e na sensação de bem estar, o retardar dos sinais associados ao envelhecimento e a prevenção da osteoporose... » monchiquetermalresort (website)
Lote de terreno Urbano em urbanização Centro Mexilhoeira Grande Portimão
€ 85.000
thumbLote de terreno Urbano em urbanização Centro Mexilhoeira Grande Portimão
0
t1t2t3t4t5REF AV-PBI-1058279m²Venda
Lote de terreno urbano, com a área total de 279m², localizado em urbanização recente, na Mexilhoeira Grande. Vistas para a Serra de Monchique e ria de Alvor. Localizado a 8 min. do centro de Portimão, a Mexilhoeira Grande é uma alternativa muito apetecível para quem, trabalhando em Portimão, visa a tranquilidade, paz e qualidade de vida que só o campo pode oferecer, sobretudo quando estes requisitos se encontram tão próximo da cidade. Contemplada com uma grande diversidade de equipamentos sociais dirigidos à sua população e que abrangem vários grupos etários a Mexilhoeira Grande é, cada vez mais, uma opção sensata e muito inteligente em termos de escolha de local de residência permanente. Equipamentos Sociais: - Complexo Desportivo da Mexilhoeira Grande (inaugurado em 2009), apetrechado com uma sala de formação, piscina de 25×12,50 metros e campo de futebol de 11 em relva sintética; - Creche; - Jardim de Infância; - Escola Básica do 1º Ciclo - Centro de Actividade de Tempos Livres; - Lar de Idosos e Centro de Dia; - * Unidade de cuidados de saúde personalizados – Pólo da Mexilhoeira Grande - Biblioteca; - Parque Infantil; - Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense CURIOSIDADES: Mexilhoeira Grande é uma vila e freguesia portuguesa do concelho de Portimão, com 88,41 km² de área... Situada a Norte de Portimão, a Mexilhoeira Grande, terra de cariz rural, com casario de cor branca, trilhado por ruelas, tem no artesanato tradicional e na agricultura as actividades principais das suas gentes. É também nesta freguesia que se situa o Autódromo Internacional do Algarve. Situa-se numa zona de campo, a cerca de 6 km a norte do centro da freguesia. O acesso faz-se a partir duma variante da EN125. É servida por uma estação na Linha do Algarve.